Revista de Ciência Elementar

Haplonte - ciclo de vida

Autor: Catarina Moreira

Editor: José Feijó

Resumo

A espirogira é uma alga verde, filamentosa, que habita ambientes de água doce (figura 1). Estas algas podem-se reproduzir assexuada ou sexuadamente, dependendo das condições do meio. Em condições favoráveis, geralmente no inverno com maior abundância de água, os filamentos crescem e algumas porções soltam-se, por fragmentação, originando novos indivíduos independentes. Quando as condições são desfavoráveis, a espirogira reproduz-se sexuadamente.

Figura 1 - Tubo de conjugação entre duas células de dois filamentos de espirogira[1]