Revista de Ciência Elementar

Volume 3, Número 3, julho a setembro de 2015

Prémio Casa das Ciências

Pedro Alexandrino Fernandes

Caros leitores,

no dia 30 de Setembro teve lugar a cerimónia de entrega do prémio “Casa das Ciências”. Trata-se de uma ocasião onde a Casa das Ciências manifesta o seu agradecimento a todos aqueles que, voluntariamente, contribuíram para a sua edificação, partilhando o seu esforço, trabalho e sabedoria sobre a forma de materiais pedagógicos, imagens e ilustrações científicas, e com isso contribuindo para a melhoria da qualidade da educação e formação no nosso país. Em anos anteriores a cerimónia foi realizada na Fundação Calouste Gulbenkian, que foi a instituição que promoveu e financiou este projeto desde a sua fundação até julho de 2015.

Este ano a cerimónia teve lugar, pela primeira vez, na Faculdade de Ciências do Porto, no Departamento de Química e Bioquímica, que desde a criação deste projeto, sempre acolheu gratuitamente a equipa da Casa das Ciências nas suas instalações, fornecendo-lhes espaços e equipamentos para que possam realizar o seu trabalho. Foram entregues prémios em três categorias: prémio “Casa das Ciências”, que homenageia materiais pedagógicos digitais de excepcional qualidade, prémio “Ilustração Científica”, que homenageia ilustrações científicas de grande mérito estético, pedagógico e científico, e prémio “Fotografia”, que homenageia fotografias depositadas na base de dados da Casa das Ciências e que, à imagem da ilustração científica, se revista de grande mérito no âmbito dos objectivos deste projeto.

Esta edição da cerimónia da entrega do prémio “Casa das Ciências” revestiu-se de especial significado, por ser porventura a última. Como é sabido dos nossos leitores regulares, a Fundação Calouste Gulbenkian já não financia a Casa das Ciências. A equipa da Casa continua a encetar esforços constantes para encontrar financiadores para o projeto, mas com grande dificuldade, uma vez que a comunidade-alvo (os docentes do ensino básico e secundário) não constituem uma camada desfavorecida da população, sendo quase impossível focar o financiamento fundacional no projeto, uma vez que esse tipo de financiamento se dedica quase exclusivamente a camadas da população com graves carências básicas. Foi lançada recentemente uma iniciativa de crowdfunding mas a verba recolhida (€3 873) fica muito aquém das necessidades para a manutenção da Casa das Ciências em funcionamento. É nossa esperança e objetivo manter este projeto em movimento, e concretizar muitas mais edições deste prémio, com um apoio reforçado dos nossos leitores, contribuidores e utilizadores.

Pedro Alexandrino Fernandes
Coordenador do projeto
Casa das Ciências