Uma célula com 2n designa-se por Diploide e tem dois conjuntos de cromossomas, isto é, cada cromossoma tem um par homologo. São exemplos de células diploides os zigotos (resultantes da fecundação de dois gâmetas haploides) e as células somáticas de organismos diplóides.

Por exemplo, o Homem é um ser diploide. As suas células somáticas (salvo casos em que ocorreu alguma mutação) possuem 46 cromossomas, isto é, duas cópias de cada cromossoma por cada par de homólogos.

Quando um organismo tem mais de duas cópias de cromossomas homólogos, designa-se por poliploide. Este fenómeno ocorre quando há multiplicação de cromossomas, e é muito comum em plantas, como por exemplo, o trigo (hexaploide 16n) e a aveia (tetraploide 4n).